A pele na terceira idade

O processo de envelhecimento natural da pele gera alterações visíveis na pele de pessoas da terceira idade. A redução da adesão entre derme e epiderme, causada pela diminuição da capacidade de formação de colágeno e elastina, dificulta a transferência de nutrientes de uma camada para outra reduzindo a taxa de renovação celular. Entre 30 a 80 anos de idade ocorre uma diminuição de 30% a 50% na taxa de renovação celular. Estes eventos explicam a pouca resistência da pele de idosos a pequenos traumas e a dificuldade de cicatrização de eventuais feridas que são formadas.

A diminuição do colágeno, elastina e ácido hialurônico transforma a pele idosa em um tecido rígido, inelástico e com menor capacidade de resposta ao stress e trauma. Os pelos diminuem devido a diminuição do numero de folículos, sendo os pelos remanescentes menores e com crescimento mais lento. Além disso, as glândulas sudoríparas diminuem em quase 15% e a resposta espontânea ao calor pode diminuir em até 70% no idoso. As glândulas sebáceas diminuem também a produção de secreção tornando a pele mais ressecada.

Um dos principais cuidados na terceira idade é a hidratação constante. Idosos possuem uma porcentagem menor de água no corpo e desidrata-se com facilidade. Beber muita água garante a hidratação de todos os órgão e tecidos. No entanto a pele necessita de cuidados especiais, tais como o uso constante de cremes hidratantes que devem ser utilizados logo após o banho, pois os poros ainda estão dilatados e facilitam a penetração. A pele idosa hidratada torna-se mais elástica e resistente a traumas, além de se tornar menos áspera.

A pele do idoso também apresenta uma diminuição da imunidade facilitando o aparecimento de infecções por fungos e vírus. Outro problema que pode surgir devido a diminuição da imunidade é o aparecimento de câncer de pele, principalmente o tipo não melanoma.

Os cuidados diários com a pele idosa são: banhos mornos, usar sabonetes delicados, que não agridem a pele. Utilizar sempre após o banho loções e cremes hidratantes. Assim a barreira cutânea se manterá mais equilibrada evitando o aparecimento dos problemas comuns em peles maduras.

 

 

 

Deixe o seu comentário