alimentação dermatite
Categorias: Cuidados com a pele

Saiba quais são os alimentos que ajudam no controle de dermatites

17 de junho de 2020 | escrito por

A dermatite é uma doença inflamatória da pele que gera vermelhidão, coceira e bolhas, e pode surgir em qualquer idade, atingindo qualquer parte do corpo. A doença tem cura e depende muito do tipo e da causa, mas, na maioria dos casos, o tratamento é com base em remédios e cremes de indicação dermatológica.

Alimentos que ajudam no controle das dermatites

Peixe: Os ácidos gordos ómega 3 encontrados no peixe, como no salmão, atum, sardinhas ou mesmo no marisco, possuem propriedades anti-inflamatórias que combatem os danos causados pela exposição prolongada ao sol. Comer peixe duas a três vezes por semana é suficiente, especialmente se a sua dieta já contempla bastantes alimentos saudáveis para a pele.

Legumes folhas verdes: A vitamina A, um dos nutrientes mais importantes para a saúde da pele, combate o envelhecimento precoce, a formação de escamas e a desidratação. A vitamina A é também essencial para a renovação celular e promove o crescimento de nova pele. Os espinafres e brócolis, por exemplo, são excelentes fontes de vitamina A, sejam frescos, crus, cozidos ou cozinhados a vapor, os legumes de folha verde são excelentes agentes para a saúde da pele.

Citrinos: Consumir citrinos numa base diária vai ajudar a manter a pele hidratada, o que a longo prazo vai prevenir as rugas. A vitamina C é um antioxidante muito poderoso que pode manter o colágeno na estrutura da pele e impedir a flacidez. Contudo, e porque a vitamina C é solúvel na água, os níveis desta vitamina que podem ser armazenados no corpo são reduzidos, o que significa que é necessário de fortalecer o seu “stock” natural diariamente. As laranjas são uma das melhores fontes de vitamina C, mas as mexericas, limões e limas são também excelentes escolhas para manter os níveis de vitamina C regulares.

Água: Juntamente com as fibras, a água estimula o trânsito intestinal e a eliminação de toxinas do organismo, impedindo que o seu acúmulo seja refletido na pele. A hidratação e a absorção dos nutrientes necessários ao equilíbrio da pele são garantidas com uma ingestão adequada de água. A ingestão recomendada para promover benefícios à saúde da pele é de oito copos ou dois litros/dia. Se não houver boa hidratação, podem ocorrer constipação intestinal, aumento de celulite, problemas renais, pele e cabelos ressecados e desidratados. Para aumentar a hidratação, é necessário obrigar-se a beber água, andar com garrafinha ou deixá-la sobre a mesa. Um bom parâmetro para verificar maior necessidade de líquido é a cor da urina (quanto mais escura, maior a necessidade de água).

A modulação intestinal e imunológica são essências, pois o intestino (2° cérebro humano) é responsável pela absorção de nutrientes provindos da alimentação e por 70 % do nosso sistema imunológico, logo manter uma microbiota saudável através de alimentos saudáveis e de nutrientes imunomoduladores fará toda a diferença. Diminuir processos inflamatórios, melhorar a resposta imunológica, gerenciar o silenciamento de processos alérgicos; são funções do Nutricionista. Somente a Nutrição sabe como orquestrar e equilibrar os nutrientes em prol da melhora da saúde e prevenção / controle das dermatites.

Fonte: Correio da Cidade

Tags:

Últimos Posts

psoríase pandemia
Psoríase e outros problemas de pele durante a pandemia? Dermatologista dá dicas
Pandemia: Cientistas suspeitam que vírus pode desencadear diabetes e agravar quadros preexistentes
alimentação dermatite
Saiba quais são os alimentos que ajudam no controle de dermatites