alimentos indispensáveis para o diabetes
Categorias: Diabetes

Conheça opções de alimentos que são indispensáveis no controle da diabetes

15 de fevereiro de 2019 | escrito por

Alguns alimentos parecem ser incontestáveis quando o assunto é saúde. Presentes em quase todos os planos alimentares, auxiliando no bom funcionamento do organismo e, principalmente possuindo uma grande variedade de representantes, eles são aliados do bem-estar e da qualidade de vida. Com o diabetes não é diferente: uma diversidade de ingredientes podem promover benefícios diretos ou indiretos, que ajudam a amenizar os problemas ou, até mesmo, evitar a doença. Curioso para saber quais são esses grupos? Confira nas linhas a seguir!

Fibras

Presentes em muitos alimentos, elas são as grandes aliadas das dietas para diabéticos. Sua ação no processo de digestão, além da sua eficiência no aumento da saciedade, é uma arma poderosa para manter o controle do açúcar no sangue. “A ingestão de fibras solúveis faz com que a digestão se torne mais demorada e, com isso, diminui a absorção da glicose”, aponta a nutricionista Luciana Novaes. Seu efeito de redução da fome ocorre, quando ingerida, com a formação de uma espécie de gel no estômago, diminuindo a necessidade de comer mais vezes. Para quem possui a doença, essa alternativa é essencial, já que facilita a manutenção das refeições, deixando o consumo de glicose mais esporádico.

Os benefícios das fibras, entretanto, não param no controle do diabetes. Essas substâncias ajudam a regular o sistema intestinal servindo de alimento para bactérias que agem na flora do órgão, removendo substancias tóxicas restantes de outros alimentos e facilitando o fluxo do sistema. Além disso, elas regulam os níveis de colesterol no organismo.

  • Encontre em: Farelo de trigo, farinha de centeio, aveia, linhaça, couve, brócolis, abacate e goiaba.

Gorduras boas

Quando se trará de colesterol (gorduras), existem dois tipos: o bom (HDL) e o ruim (LDL), e a diferença está exatamente na forma como ambos atuam quando estão na corrente sanguínea. O HDL é conhecido como “bom” por possuir a capacidade de transportar o excesso de colesterol presente no corpo para o fígado, onde ele será metabolizado. “Essas gorduras apresentam a capacidade de serem anti-inflamatórias, contribuindo para um funcionamento adequado do metabolismo”, adiciona Luciana. Já o LDL possui uma relação com doenças cardíacas pois, quando em excesso, forma placas de gordura nas paredes dos vasos. Quando há uma maior quantidade de açúcar no sistema circulatório (causado pelo diabetes), essas paredes se fragilizam e o risco de doenças cardiovasculares aumenta. Por isso, é importante que quem tem a doença mantenha os índices ainda mais controlados.

  • Encontre em: Abacate, peixes (sardinha, salmão e atum), castanha-do-caju, amendoim, nozes e linhaça.

Carboidratos complexos

“Ricos em fibras, possuem baixo índice glicêmico e auxiliam no controle da glicemia, além de promoverem saciedade”, explica a nutricionista Mariana Diniz Costa. Esse grupo alimentar, por conter um IG* baixo, demanda uma utilização de insulina por mais tempo – e em quantidades menores -, e isso acaba aumentando a sensação de satisfação e pulverizando a demanda insulínica. Apear de os carboidratos serem açúcares, essa é a opção mais indicada para quem possui o diabetes.

Encontre em: Arroz integral, arroz com grãos, pão integral, pão com sementes e macarrão integral.

‘Índice Glicêmico (IG*): Esse indicador funciona como uma orientação para a velocidade em que um carboidrato é capaz de aumentar a glicemia no organismo. Alimentos de baixo índice glicêmico não promovem a necessidade de insulina brusco, o que ajuda os diabéticos. Enquanto isso, Consumir algo com alto IG aumenta a necessidade do hormônio em um espaço de tempo mais curto. ’

Proteínas Magras

O controle do peso é um ponto fundamental para a manutenção do quadro de diabetes. Entretanto, não é saudável excluir proteínas da dieta; por isso, apostar em opções menos gordurosas pode ser a melhor saída. Segundo Mariana, elas favorecem a manutenção da massa magra e o controle do peso.

  • Encontre em: Frango, ovos, queijo cottage, feijão e leite desnatado.

‘É importante que o consumo alimentar seja individualizado, principalmente nos casos de diabetes. Para uma dieta que se adeque às suas necessidades especificas, consulte um especialista.’

Santos, Iuri. Melhores Alternativas: Conheça opções de grupos alimentares que são indispensáveis na dieta para controlar a doença. Plano Alimentar Diabetes. São Paulo: Alto Astral, a.1, n. 2. p. 14-15, 2018.

Tags:

Últimos Posts

tatuagem diabetes profitus
Diabético pode fazer tatuagem?
profitus sinais de diabetes
Será que é diabetes? Confira 8 sinais sutis de que você pode estar com a doença
estresse doenças pele profitus urucum
Como o estresse afeta a pele?